Bolsa Família 2021: Conheça o Novo Calendário De Pagamento

PUBLICIDADE

O bolsa família, sendo um benefício oferecido pela Caixa Econômica Federal, é o principal responsável por estar oferecendo milhares de famílias ao redor de todo o Brasil, de diferentes formas.

E como o mesmo sempre apresenta certas mudanças com o passar de um ano, pode ser um tanto, quanto importante com que você esteja entendendo e tenha acesso as novas informações sobre esse mesmo benefício.

PUBLICIDADE

Portanto, se você é uma das milhares de pessoas que são ajudadas pelo Bolsa Família, e apresentam interesse em conhecer as novas informações sobre o mesmo, saiba que esse é o artigo certo para você.

Isso pelo simples fato de que, ao realizar a leitura desse mesmo artigo, será possível com que você tenha acesso as principais informações sobre o assunto, fazendo assim com que você encontre a resposta correta para suas dúvidas.

Novas mudanças no Bolsa Família

Muitas pessoas estavam em dúvida, em relação à: o valor do bolsa família irá aumentar ou não? E isso é uma questão que vêm sendo perguntada cada vez mais, e bem a resposta para a mesma é bem simples e clara: Sim!

Esse mesmo aumento foi confirmado através de muitas fontes, sendo a principal delas, o presidente da república Jair Bolsonaro, que disse em um discurso:

Quem falar em Renda Brasil, eu vou dar cartão vermelho, não quero mais conversa. É Bolsa Família. São pessoas necessitadas que precisam desse recurso que, em média está, 190 reais. Tenho falado para a equipe emergencial, vamos tentar aumentar um pouquinho isso daí”

Até o momento de agora, não foi confirmado o valor real que esse aumento apresentará, mas a expectativa de muitas pessoas, é que o mesmo seja aumentado para um pouco mais de R$200 mensais, o que de certa forma, já é uma grande ajuda para muitas famílias brasileiras que contam com o benefício para sobreviver.

Esse aumento, também foi confirmado pelo ministro da Cidadania, Onyx Lorenzoni, que segundo o mesmo, o projeto para que essas mudanças aconteçam já estão praticamente todos prontos, e que ele estava aguardando apenas a aprovação do presidente, para que a realização de fato acontecesse.

Em seu discurso, o ministro falou: “O presidente deve autorizar que a gente apresente um novo Bolsa. Vai ser o Bolsa Família mesmo, não tem porque mudar, é o programa que as pessoas estão acostumadas”

Além do aumento do valor oferecido pelo benefício, que nos dias de hoje, corresponde ao valor de R$190 reais mensais, o Bolsa Família também será ampliado, para que assim.

PUBLICIDADE

O mesmo possa estar oferecendo ajuda e os seus serviços, para aquelas pessoas que não recebem mais o Auxílio Emergencial, e com essa mudança, segundo algumas pesquisas que foram realizadas, mais de 300 mil famílias serão incluídas nesse programa e assim, ajudadas pelo mesmo.

Como calcular o valor do Bolsa Família?

O bolsa família apresenta dois tipos de benefícios, que são: o básico, no valor de R$89,00 mensais e o Benefício Variável, que é aquele destinado a famílias que são compostas por gestantes, nutrizes (ou seja, mães que amamentam), crianças e adolescentes de 0 a 15 anos.

O valor de cada um dos benefícios é de R$41,00 na qual, cada família pode ter direito a 5 benefícios, juntando assim o total de R$205,00.

Uma coisa muito importante de se lembrar, é que depois de selecionada, a família em questão recebe um cartão, o Cartão Bolsa Família, que deve ser entregue em sua casa e é emitido pela Caixa Econômica Federal.

Segundo algumas pesquisas, o total de famílias que são ajudadas por região, é o seguinte:

  • Região Norte: 1.796.776 de famílias
  • Região Nordeste: 7.096.461 de famílias
  • Região Centro-Oeste: 680.972 de famílias
  • Região Sudeste: 3.817.351 de famílias
  • Região Sul: 891.653 de famílias
  • Total: 14.283.213 famílias recebendo recursos do BF

Cadastro do Bolsa Família tem fila de espera

Um dos principais pontos que devem ser analisados pelo Ministério da Cidadania, é o fato de que, existem milhares de famílias que se encontram na fila de espera, aguardando para serem acolhidos pelos benefícios do Bolsa Família.

Segundo as informações que foram publicadas, desde setembro do ano de 2020, o total de famílias que estavam na fila de espera, para poderem entrar no programa, era de 1 milhão.

Na qual com aumento que será realizado no orçamento que é destinado para o programa em questão, que subiu de R$ 29,4 bilhões no ano passado (2020) para R$ 34,9 bilhões no ano de 2021, o governo federal do país, poderia estar atendendo cerca de 15,2 milhões de famílias somente esse ano.

Mas, como não sabemos se o cenário em questão irá mudar ou não, é possível com que o valor do benefício seja aumentado.

O que poderá fazer com que muitos brasileiros ingressem no programa feito para a transferência de renda ou até mesmo, pode ocorrer de muitas famílias desistirem do Bolsa Família, dependendo do valor que o mesmo irá exigir o pagamento, para que essas mesmas famílias possam estar ingressando nele.

PUBLICIDADE