Descubra como investir em ouro na bolsa de valores

Que tal aprender como investir em ouro na bolsa de valores? É isso mesmo na atualidade qualquer pessoa pode fazer investimentos em ouro na bolsa de valores, independentemente se o investidor em questão esteja no Brasil ou em qualquer país do mundo.

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE

Muitas pessoas se interessam em aprender como investir em ouro na bolsa de valores, no entanto, é preciso estar atento a alguns detalhes para poder realizar essa tarefa com sucesso, pois, o único objetivo de fazer qualquer investimento é ter um resultado positivo, ou seja, ganhar dinheiro.

Como investir em ouro na bolsa de valores, parece ser uma questão surreal e até mesmo inalcançável para alguns usuários que não tem nenhuma experiência em investimentos, no entanto, vivemos na era moderna onde tudo é feito de forma digital, com total segurança.

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
como investir em ouro na bolsa de valores
Imagem: (Google) Como investir em ouro na bolsa de valores

Como investir em ouro na Bolsa de Valores?  Será que é prático?

Primeiramente, é preciso que o novo investidor, tenha a mente aberta para novas formas de administrar o dinheiro. Esse tipo de investimento tem sido muito procurado para pessoas que querem proteger seu patrimônio, tendo em vista o número de crises e também de oscilações da renda variável.

Quando o investidor faz opção pelo ouro, ele acaba tendo a possibilidade de estabelecer uma correlação direta e negativa com todos os movimentos dos mercados de ações, dessa forma, o resultado é o chamado “colchão” que acaba suavizando as possíveis relações negativas.

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE

Tendo em vista que o ouro é um dos principais indexadores, além de ser um ativo muito antigo, é bem conhecido pela sua solidez, principalmente para quem deseja proteger seu patrimônio contra as recessões econômicas mundiais, como o momento atual em que vivemos devido à  pandemia.

Melhores investimentos – Como investir em ouro na Bolsa de Valores

Se tratando de fundos de investimento principalmente em ouro, podemos dizer que tem sido uma das maneiras mais práticas e simples de se investir, no Brasil. A ideia é exatamente a mesma de investidores que já costumam fazer seus investimentos em ações ou em renda fixa, por exemplo.

Dessa forma, o investidor passa a ter um determinado número de cotas do fundo que são exatamente proporcionais ao valor inicial investido. É mais ou menos assim, como funcionam os condomínios, ou seja,o gestor do condomínio que seria o síndico ficaria responsável por compor os seus ativos.

Vale lembrar, que cada fundo em específico, segue o seu respectivo regimento, isso também se aplica para investimentos que envolvam o ouro. Neste caso o seu gestor fica obrigado a fazer investimentos para os ativos em ouro, seja por meio da Bolsa de Valores ou ainda por meio de contratos futuros.

Dicas de investimento

Existem alguns fundos que acabam atrelando a rentabilidade não apenas pelo ouro, mas também através de moedas como o dólar. Nessas situações, a proteção de investimento passa a ser dobrada, pois, existem mais de uma forma de indexação atrelada.

Isso acontece porque o dólar também tem uma correlação negativa em relação à bolsa de valores nacional, porém isso não é uma regra fixa, vale lembrar que no ano de 2019, o índice Bovespa obteve recordes históricos em relação ao dólar, tendo que renovar a sua máxima nominal.

Outra dica de ouro, literalmente, é a seguinte; antes de realizar qualquer investimento em um fundo qualquer, o investidor em questão precisa entender que objetivo final  não é ter maior retorno financeiro momentâneo, e sim garantir a proteção do patrimônio do investidor em questão.

Movimento do mercado

  • O gestor do fundo, estará exposto a toda variação de preço do ouro seja no mercado nacional ou internacional, porém o papel do gestor é garantir as menores oscilações possíveis, protegendo seu patrimônio.
  • Os resultados dos investimentos em ouro, pode variar de acordo com o mercado escolhido pelo investidor
  • Vale lembrar que além de poder, investir em cotas, o investidor também poderá investir diretamente na Bolsa de Valores ou até mesmo em barras de ouro reais.
  • É preciso um certo cuidado com outras modalidades de investimento, como joias, por exemplo, que possui uma liquidez mais arriscada em relação ao ouro.

A lógica do mercado

De maneira geral os investimentos em ouro segue restritamente a lógica de qualquer outro ativo, ou seja, de qualquer outro investimento, quando cresce a procura geralmente o preço aumenta, e quando a procura é escassa, o preço naturalmente é reduzido.

Oscilações de ativos como o ouro, está muito relacionada à eventos globais, ou seja, a macro eventos que acabam atingindo o mundo inteiro, exatamente por isso que os investimentos em ouro é considerado um dos mais seguros na atualidade. Vale a pena entender melhor esse mercado.

Se olharmos ao longo da história, o preço do ouro sempre sobe quando há uma aversão precipitada ao risco, principalmente os ativos classificados como renda variável, seja pela recessão econômica aguda ou por qualquer outro motivo como uma pandemia, por exemplo. Para mais informações sobre investimentos e aplicativos acesse nossa categoria de aplicativos. Boa sorte!

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE