Novas Regras para Viajar de Avião

Muitas coisas mudaram de uns tempos pra cá em relação a companhias aéreas, novas regras e mudanças. Se você já percebeu e sempre precisa viajar de avião e esta ainda sem entender algumas coisas, aqui esta disponíveis todas as mudanças. A ANAC.

Agência Nacional de Aviação Civil em dezembro de 2016 aprovou algumas alterações, para ser mais exato foram 40 mudanças nas regras, sendo Novos Direitos e Deveres do Passageiro, e passou a entrar em vigor em 14 de março de 2017, das 40 só uma que não entrou em vigor ainda que é o fim da franquia de bagagens.

A ANAC registrou que essas mudanças favorecem as duas partes e assim ia estimular uma concorrência e diminuir os valores de passagens e até criação de outras companhias.

Mudaram muitas coisas e com isso as pessoas ficaram confusas e pegas de surpresa na hora de comprar as passagens ou na hora de embarcar. Com essas mudanças pode ficar mais organizado e mais fáceis algumas coisas para os passageiros como para as companhias também.

Se você tinha dúvidas das mudanças novas regras agora não terá mais.

Valor da Passagem Aérea

Antes da mudança, não existia uma regra certo de como teria que apresentar o preço da passagem aérea. Agora o preço deve estar escrito em sua totalidade, com o preço da passagem aérea + as taxas em reais durante o processo de compra.

Correção de Nome na Passagem Aérea

Era necessário emitir um novo bilhete e cobrar uma multa decidido pela companhia aérea. Agora os erros de grafia serão arrumados gratuitamente até o check- -in, entretanto o bilhete continua sendo pessoal e intransferível. Em caso de voos internacionais usando mais de uma empresa a mudança pode ser cobrada.

Overbooking

A empresa passava o passageiro para outro voo. Agora a empresa terá que indenizar o passageiro na hora, com dinheiro ou transferência bancária ou até mesmo dando um voucher no valor de R$ 1.140 em caso de voos domésticos e R$ 2.280 em caso de voos internacionais.

Desistência da Compra da Passagem

Antes o cliente pagava uma multa se desistisse, e através de compras feita pela internet tem um prazo de cancelamento de até 7 dias. Com as novas regras, as passagens podem ser canceladas sem nenhum custo de que são compradas até 7 dias antes da data do voo que esta na passagem, pode cancelar em até 24 horas depois de efetuar a compra.

Cancelamento de Passagens e Reembolso

Antes não tinha um limite para esse tipo de multa e a companhia tinha um prazo de até 30 dias para devolver o dinheiro. Agora a multa dada pela companhia não pode ser um valor maior que da passagem comprada, as tarifas de embarque e outras taxas agora deverão ser reembolsadas ao passageiro. A empresa aérea tem um prazo de até sete dias para devolver o valor para o cliente dependendo do acordo podendo ser devolvido em créditos para compra de nova passagem ou devolver o dinheiro.

Alteração de Voo

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *